Tire suas dúvidas sobre a cobertura mínima obrigatória de Pano de Saúde

De acordo com a modalidade do Plano contratado, as operadoras devem oferecer assistência médico-hospitalar mínima padrão.

A falta de esclarecimento àqueles que buscam contratar um plano de saúde, é uma das maiores reclamações entre os beneficiários. Ao decidir por uma cobertura assistencial à saúde particular, deve-se entender quais os tipos de cobertura mínima de um plano de saúde para evitar sair no prejuízo.
 
A Agência Nacional de Saúde (ANS) define como cobertura assistencial, um conjunto de direitos (tratamentos, serviços, procedimentos médicos, hospitalares e/ou odontológicos) do usuário na contratação de um plano de saúde (individual ou coletivo).
 
Mas, além disso, há duas modalidades de cobertura:
 
Integral do Plano Referência
 
é considerada padrão de assistência médico-hospitalar, uma vez que inclui cobertura ambulatorial, hospitalar e obstetrícia. De acordo com a legislação vigente, a operadora de plano de saúde deve oferecer, obrigatoriamente, aos consumidores, o plano referência, para garantir o mínimo de assistência aos consumidores.
 
Com relação às coberturas, são aquelas relacionadas ao plano ambulatorial somadas às previstas no plano com cobertura hospitalar com obstetrícia, constantes da legislação e do Rol de Procedimentos Médicos - cobertura mínima obrigatória para todos os planos de saúde contratados a partir da entrada em vigor da Lei nº 9.656/98, os chamados planos novos - que conta hoje com cerca de 3 mil itens.
 
Plano por segmento - Ambulatorial
 
Garante apenas os atendimentos realizados em consultório (consultas) ou ambulatório (procedimentos ambulatoriais), definidos e listados no Rol de Procedimentos, inclusive exames. O plano com Cobertura Ambulatorial não cobre internação hospitalar.
 
Entre as coberturas proporcionadas estão:
 
- consultas médicas em número ilimitado, realizadas em ambulatório ou consultório, em todas as especialidades médicas;
 
- consultas obstétricas para pré-natal, em número ilimitado;
 
- serviços de apoio diagnóstico e tratamentos realizados em ambulatório ou consultório;
 
procedimentos ambulatoriais (inclusive as cirurgias ambulatoriais), mesmo quando realizadas em ambulatórios de hospital, desde que não caracterizem internação;
 
- procedimentos ambulatoriais que necessitem de anestesia local, sedação ou bloqueio, quando realizados em ambulatório.
 
Plano por segmento - Hospitalar
 
é composto por atendimentos realizados durante a internação hospitalar. Nesse plano não há cobertura ambulatorial.
 
Entre as coberturas, estão aquelas previstas na legislação e no Rol de Procedimentos Médicos para o segmento hospitalar (sem obstetrícia), incluindo, entre outras:
 
- internações em unidades hospitalares, inclusive em UTI / CTI, sem limitação de prazo, valor máximo e quantidade;
 
- honorários médicos, serviços gerais de enfermagem e alimentação;
 
- exames de diagnóstico e de controle da evolução da doença;
 
- fornecimento de medicamentos, anestésicos, gases medicinais, transfusões, sessões de quimioterapia e radioterapia realizadas durante o período de internação;
 
- toda e qualquer taxa, incluindo os materiais utilizados;
 
- remoção do paciente, quando comprovadamente necessário, dentro dos limites da cobertura geográfica previstos em contrato;
 
- cirurgias, mesmo aquelas passíveis de realização em consultório, quando, por imperativo clínico, necessitem ser realizadas durante a internação hospitalar, como, por exemplo, as cirurgias odontológicas buco-maxilo-facial.
 
Plano por segmento - Hospitalar com Obstetrícia
 
Engloba os atendimentos realizados durante internação hospitalar e os procedimentos relativos ao pré-natal e à assistência ao parto.
 
Entre as coberturas previstas estão, além daquelas referentes ao plano hospitalar:
 
- procedimentos relativos ao pré-natal, inclusive consultas obstétricas de pré-natal, bem como exames relacionados, ainda que realizados em ambiente ambulatorial;
 
- partos;
 
- coberturas e benefícios para o recém nascido, como atendimento, seja filho natural ou adotivo do consumidor ou de seu dependente, durante os primeiros 30 dias após o parto;
 
inscrição assegurada do recém-nascido no plano, como dependente, isenta do cumprimento de carência, desde que a inscrição ocorra no prazo máximo de 30 dias do nascimento.
 
Plano por segmento - Odontológico
 
Inclui apenas procedimentos odontológicos realizados em consultório, incluindo exame clínico, radiologia, prevenção, endodontia, periodontia e cirurgia.
 
Com informações do site infomoney

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

icon email mobile
icon mobile telefone
icon whatsapp mobile